Álvaro Siza regressa à Piscina das Marés Equipamento reabilitado estará aberto para visitas já no próximo fim de semana, dias 12 e 13 de junho

fb-share-icon0

Total de Visualizações 609 

Álvaro Siza regressa à Piscina das Marés
Equipamento reabilitado estará aberto para visitas já no próximo fim de semana, dias 12 e 13 de junho
No próximo fim de semana já será possível visitar a Piscina das Marés, da autoria do arquiteto Álvaro Siza, e analisar o resultado final de um profundo e minucioso trabalho de conservação, restauro e reabilitação levado a cabo pela Câmara Municipal de Matosinhos.
A entrada será gratuita, mas não será possível a permanência no local ou a utilização dos tanques para banhos. O horário de visitas será das 10.00 às 12.30 e 14.30 às 18.00 horas.
A abertura ao público nesta época balnear decorrerá a partir do dia 19 de junho.
Inaugurada em 1966 e Monumento Nacional desde 2011, a Piscina das Marés foi alvo de uma grande intervenção em virtude da deterioração de vários elementos, como a estrutura do betão armado, o tanque principal da piscina e o sistema de filtração de água salgada.
O arquiteto matosinhense- e galardoado com o Prémio Pritzker- assinou o projeto de reabilitação daquele equipamento. Álvaro Siza acompanhou, de resto, a execução dos trabalhos e todas as suas especificidades. Hoje, pela última vez antes de abrir ao público, o arquiteto visitou a obra, acompanhado pela Presidente da Câmara Municipal, Luísa Salgueiro, pelo Vice-presidente da autarquia, Fernando Rocha, e pelo administrador da Matosinhos Sport, Vasco Pinho.
O investimento, no valor de 1,3 milhões de euros, envolveu a instalação mecânica de bombas de captação e circulação, sistema de filtragem e tratamento da água, tubagens e infraestruturas elétricas. Todos os edifícios foram reabilitados, assim como os tanques, com tratamento das superfícies de betão e madeiras. Foram ainda construídos novos balneários e foi aumentada a área de permanência ao ar livre.
A empreitada constituiu uma das primeiras experiências de reabilitação de edifícios em betão armado. Aliás, a Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto recebeu uma bolsa da Getty Foundation para estudar todo o processo de gestão e conservação da Piscina das Marés.
Fonte : (FACEBOOK ) Câmara Municipal de MAtosinhos
TVSH 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *