Eduardo Pinheiro desiste da corrida à Câmara do Porto

fb-share-icon0

Total de Visualizações 1,341 

Eduardo Pinheiro terá sido uma escolha de António Costa para a candidatura do PS à Câmara do Porto, mas recebeu oposição das estruturas locais.

 

Eduardo Pinheiro, secretário de Estado da Mobilidade e ex-presidente de Câmara de Matosinhos, desiste da corrida à Câmara do Porto, segundo avança o Público (acesso pago). Estruturas locais socialistas não terão recebido bem candidatura, que tinha sido uma escolha de António Costa.

“Recebi com orgulho o convite do presidente da Federação Distrital do Porto do PS para encabeçar uma candidatura à Câmara Municipal do Porto, contudo, após reflexão cuidada, declinei hoje o convite que me foi endereçado”, refere o governante em nota a que a Lusa teve acesso.

Eduardo Pinheiro declina convite para se candidatar ao Porto pelo PS -  Política - Correio da Manhã

Apesar da sua recusa, Eduardo Pinheiro agradeceu “a confiança depositada” e afirmou a sua “total disponibilidade para apoiar o partido em torno de uma candidatura alternativa ao atual poder autárquico”.

A escolha do candidato do PS para o Porto tem sido difícil, sendo que estiveram em cima da mesa nomes como Manuel Pizarro, presidente da federação distrital do PS-Porto, José Luís Carneiro, secretário-geral-adjunto do PS e Tiago Barbosa Ribeiro, deputado e líder da concelhia. Costa terá decidido avançar com Eduardo Pinheiro, mas o nome também não gerou consenso.

Pinheiro já tinha alguma experiência autárquica, tendo sido vice-presidente de Guilherme Pinto na Câmara de Matosinhos, e assumido as funções de presidente quando este renunciou ao mandato por razões de saúde. Mais recentemente, o socialista foi um dos secretários de Estado nomeados pelo Governo, no estado de emergência, para a coordenação regional do combate à pandemia.

(Notícia atualizada às 21h00 com a nota de Eduardo Pinheiro à Lusa)

TVSH 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *